Sigam-me os bons!!!!!

sexta-feira, 31 de maio de 2013

desmistificando a dor do parto... lá no ishtar desse final de semana!!!

"Sua louca!!!! Parto normal dói pra caramba!", "Deus que me livre sentir dor!", "Não sou índia, não vou sentir dor de jeito nenhum!!!"...

E por aí vai... Já ouvi tanta asneira sobre o famoso mito da temerosa dor do parto que até tento com argumentos baseados em evidências científicas convencer determinadas pessoas, mas tem outras que simplesmente tem o senso comum encruado na veia e nem adianta continuar o debate.

Eu senti dores absurdas durante o meu trabalho de parto. Falta de informação é uma merd@!!!!

Realmente eu senti todas as dores possível naquele momento. Estava sozinha e me sentindo abandonada. Morri de frio. Fui obrigada a ficar deitada. Fui mutilada (episiotomia). Ninguém para conversar, fazer uma massagem... ou até para me oferecer um copo de água.

Néam... me encontrava nas piores condições possíveis. Então, logicamente eu SENTI MUITA DOR.

Mas o parto natural não é assim. O parto natural de verdade respeita a fisiologia do corpo da mulher e existem métodos não farmacológicos para alívio da dor durante o trabalho de parto.

E esse será o tema do Ishtar nesse final de semana!!!!!

Não percam! Informações baseadas em evidências científicas!!!!!!!! Nada de contos da carochinha!

Dia 1º/06/2013 - TIJUCA

10h - Rua Carlos Cavalcante 155/404 - (próximo ao metrô Saens Pena)

Dia 02/06/2013 - COPACABANA

10h - Rua Cinco de Julho 94/Play


Que o mês de junho venha com tudo!!!!!!!

e tem como piorar!!!!!!

Vou te contar viu... as coisas por aqui não estão nada fáceis. Esse menino está a cada dia mais sem vergonha e não entendo o porque desse comportamento desagradável.

Já contei que ele tem batido nos coleguinhas na escola e não satisfeito, elevou o nível da 'coisa'. Começou a morder também. #memata

Quando estamos fora de casa e o sono começa a dar sinal de vida, ele fica extremamente insuportável. Faz birra(se joga no chão, avança em mim, joga os brinquedos... uma lindeza, só que não) e para completar o show... ELE COSPE.



.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

E EU ENCERRO ESSE MÊS ASSIM... COM UM VAZIO NO PEITO.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

15º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens.

Do dia 5 ao dia 16 de junho, o Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens completará 15 anos. Evento literário importante e o único focado no público infantil e juvenil. Esse ano terá como tema, a ilustração e como país homenagiado, a Colômbia.

Reunirá 71 editoras entre 85 estandes, permitindo um verdadeiro mergulho no mundo da literatura. E durante os 12 dias de evento, o público poderá ter a chance de participar de bate-papos com os principais escritores e ilustradores do país. Haverá 4 bibliotecas, entre elas, a biblioteca para bebês.

As escolas interessadas em participar, é agendar a visita pelo email: visitacaoescolar@fnlij.org.br


Data: 5 a 16 de junho de 2013

HorárioSegunda a sexta | 8h30 às 18h / Sábados e domingos | 10h às 20h

Ingresso: R$ 5,00 

Gratuidade para maiores de 60 anos, portadores de deficiência, professores da rede municipal do RJ e instituições que trabalham com crianças e jovens de comunidades de baixa renda, pré-agendadas com a FNLIJ
Local: Centro de Convenções SulAmérica
Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova - Rio de Janeiro



Para maiores informações, acesse o site http://www.salaofnlij.com.br/salaofnlij/

quarta-feira, 29 de maio de 2013

37 meses de muito mamico!!!!!

E pelo visto estou sendo muito maria mole com relação ao desmame. Não sei como desmamá-lo. Sem traumas é claro. Enquanto isso, vamos juntos tirando casquinha um do outro. Momentos como esse são tão especiais que na boa, vontade nenhuma de parar!!!!

#prontoconfesseyyyyyyyyy


ah, e em livre demanda, okay?!
Boua noitche!

sossegando

Além de está dando muito trabalho na escola, o comportamento dele em casa estava ficando insuportável.
Birras e mais birras. Teimoso toda vida. Um pé no saco, isso sim. 

Queria brincar com todos os brinquedos ao mesmo tempo e fazia a maior zona e para conseguir fazer com que ele guardasse alguma coisa era um sacrifício.

Normalmente a brincadeira é liberada contanto que ele guarde no lugar para poder brincar com outra coisa, senão o quarto virava um pandemônio.

Mas do nada ele cagava na minha cabeça para essa regra e zoneava tudo mesmo e ponto final.

Comecei então a guardar no armário tudo que ele mais gostava: seus carrinhos.

E de fora, apenas os livros.

Então, os mais de 100 livros ficavam espalhados pelo chão. 

Com muita conversa e quase nada de paciência (sou humana né, paciência tem limite, a minha pelo menos) ele tem melhorado o comportamento em casa. Na escola ainda não, mas vai melhorar!!!

Durante a folga do papai, ele brincou muito de montar quebra-cabeças e passava o dia todo montando-desmontando e montando.

A sala ficou tomanda com os seus inúmeros quebra-cabeças e acreditem, ele é fera!!! Monta sozinho um com 49 peças!!!!!!! 


um resquício de bagunça na cama!!!

30 peças

16 peças

16, 25 e 49 peças
Até que enfim ele sossegou o 'faxo' com alguma coisa!

Vou ali descansar um cadinho! 

segunda-feira, 27 de maio de 2013

tratamento de beleza!!!!

É, mané!!!! Bobeou, dançou! Aqui no Mulher que pariu quando rola sorteio, ele realmente acontece. A grande sortuda da Paloma, foi lá conferir seu prêmio: uma limpeza de pele completa!!!!!! Adorou o resultado, apesar da dor! hehehe



O melhor disso tudo foi que EUZINHA aqui também fui premiada e escolhi lógico o peeling de diamante! Adorey e quase dormir de tão relaxante! Saí com a pele leeeeeeenda!!!!

Hunf, tô me sentindo a phyna e ryka!!!!! hahahahah




Não percam as próximas novidades dessa parceira com a Pró-Corpo e Estética

domingo, 26 de maio de 2013

bitoca

Domingo combina com preguiça + mau humor + casa bagunçada... E sem nada para postar hoje (ahá, calma que durante a semana teremos hehehe), pedi o Gui para tirar umas fotos comigo assim, de bobeira.

Pedi um beijo, ele fez um bico gigante e me deu. Só que eu não tinha preparado o celular! Pedi novamente e ele aceitou.


'bitoca de bico'

A foto não saiu do jeito que eu queria e então eu pedi outro beijo mais uma vez! #mãechatapracaceta!

Agora do jeito dele! Jeito ogro de ser!

Depois dessa eu parei de pedir néam... entendi o recado! hahahaha

Um ótimo final de domingo procês! ;)

ciúme?!

Não estou acreditando até agora no que aconteceu hoje na festa de aniversário da coleguinha da escola do Gui.

Sério. Meu filho é muito ciumento!!!!

Desde que o ano começou ele só fala na amiga Isabela Lisboa. Eu e sua mãe nos tornamos amigas e temos passado bastante tempo juntos. E os dois se dão muito bem. No final de semana passado se curtiram bastante e ele ficou atrás dela o tempo inteiro querendo atenção, já que era o único menino e a amiga só queria brincar com as outras meninas!!!

E hoje a festa foi ótima, faltaram alguns da turma, os que ele costuma falar foram e todo mundo brincando muito bem e a amiga Isabela Lisboa só queria brincar com o outro amigo, o Cauã.

Pronto.

O Gui ficou B-O-L-A-D-O.

Na verdade ele ficou PHUTO porque a atenção da amiga foi direcionada para outra pessoa.

Agora vejam só. Na sexta feira, rolou a festa da outra amiga, a Larissa que segundo a professora é o chamego dele. E pelo que eu lembro, no aniversário dele, os dois ficaram trocando abraços o tempo todo. E a mãe da Larissa me contou que na hora do parabéns, cantaram o tal do 'com quem será' e o felizardo foi o Gui!!!! Olha isso!!!!!! hahahahahahaha Muito pequenos para esse tipo de cantoria! Hunf!

Então você tenta criar o seu filho para que ele seja um homem MARA e já no maternal ele dá ataque de ciume com uma amiga sendo que no dia anterior estava se engraçando com outra!!!!

Afffffffffffffffffffffffff, #voualimematarokay?!

Total apoio à Isabela!!!! Hunf, fica cheio de chamego com a Larissa na escola, e na 'night' só quer saber de brincar com a Isabela!

O pior foi aguentar o mau humor dessa criança, meldels!!!!!!!! Ficou insuportável, não quis brincar com os amigos, fez birra! Ciumento e Barraqueiro!!!!

Eu mereço!!!!!!

Gentem, eu contei com um certo humor, mas fico preocupada com a infância de hoje em dia! Também tive um 'casinho' no maternal, mas 'terminei' com ele no dia que ele não saía da sala de aula e eu queria que ele fosse comigo para o pátio lanchar. Ele ficou rodando em volta de si mesmo segurando a sua merendeira. Quando eu voltei e entrei na sala, leveu uma merendeirada no meio da lata (rosto) sem querer, lógico e desde então, terminamos o nosso relacionamento hahahaha

sábado, 25 de maio de 2013

sem mamico por horas

Durante 3 dias precisei ficar fora de casa por muitas horas.

No primeiro dia, saí de casa antes das 6h e deixei o Gui em nossa cama dormindo com o pai. Ele ficou responsável pelo almoço, arrumar a mochila e o lanche da escola, dar o banho, levar e buscar na escola...

Ficou muito bem sem a minha presença. Cheguei em casa por volta de 21h e ele nem quis muito papo porque estava concentrado fazendo cocô. Assim que limpei a 'caca' ele me pediu mamico e ficamos juntos por uns 40 minutos.

Como no dia seguinte o maridão não estaria de folga, precisei arrumar uma bolsa para depois irmos à casa dos meus pais pois ficariam com o Gui para eu poder ir à luta.

Mais uma vez saí por antes das 6h e segundo a minha mãe, o Gui acordou logo em seguida e coitaaados, me queria de todo custo. Ela conseguiu distraí-lo e logo esqueceu de mim.

Minha mãe foi trabalhar e o deixou com o meu pai que ainda bem não ia ter que trabalhar também. Ficou bem com o vovô Caco, mas teve momentos que ele chorou pois queria a mamãe, na verdade estava com sono e queria peito, néam.. meu pai inclusive ligou algumas vezes para minha mãe meio que desesperado porque não parava de chorar do tipo 'o que eu faço com ele' hahahah... só sei que deu tudo certo, passearam várias vezes com o cachorro na rua, meu pai deu comida, fruta, brincaram e assistiram filme.

Quando cheguei, por volta de 20h ele ficou todo feliz e lógico que quis mamico e ploft, capotou no peito e dormiu. Pensei: uhuuul, dormiu cedo! vou tomar aquele banho relaxante, jantar e descansar para acordar cedo...

Que nada, ele acordou várias vezes chorando. Querendo saber se eu estava por perto. E por volta de 22h, ele acordou e eu o adormeci. Demorou um pouco mas consegui. Meia noite ele acorda novamente e aí foi sinistro. Numa disposição e eu com olheiras profundas e com os olhos vermelhos de tanto cansaço e sono. Fiquei até um pouco estressada com isso porque eu realmente precisava descansar. Com muito custo ele dormiu e eu fui tomar banho! Fiquei dispersa e para acordar no dia seguinte foi difícil, sai de casa com atraso, mas deu tudo certo.

Ele teve um ótimo dia com meus pais e eu cheguei um pouco mais cedo e depois voltamos para casa.

Sobreviveu sem o mamico mas não resistiu quando me viu.

#amomeufilho #amamentaçãoprolongada #livredemanda

sexta-feira, 24 de maio de 2013

nnnnnnhac

E quando você pega a agenda da escola e recebe um comentário de que seu filho mordeu dois coleguinhas!!!!!!!!!!!!!!!

Fiquei bastante envergonhada em primeiro lugar. Que saco isso! Esse ano ele tem batido direto nos colegas e quase sempre eles mesmo vem me fofocar que 'ô tiaaa, o Gui bateu na fulana', 'ô tiaaa, ele me empurrou!' sou bombardeada de informações nada agradáveis.

Já conversei com a professora várias vezes e na boa, não sei o que fazer.

Ela também tem conversado muito com ele e por mais que eu e o pai estamos fazendo de tudo e dialogando ao máximo com ele, sei lá, parece que não está adiantando.

Me disseram que é fase e tal. Mas acredito que ninguém fique tranquila sabendo que seu filho morde e bate na escola.

Sério gentem, alguma dica!! Socooooorro!!!!

:( 

o brincar aqui em casa!


E como estamos na semana da blogagem coletiva da semana mundial do brincar, organizado pela Aliança pela Infância .... vou contar um pouco como é que o brincar acontece aqui em casa.

Antes, vou falar um pouco de como foi na minha infância. Eu mora em uma casa com um quintal enorme cheio de árvores, plantas, terra e animais. Nunca fui muito criativa, mas como fui filha única até os quinze anos, precisei criar brincadeiras sozinhas e lá era um lugar ideal para brincar.

Eu desenhava amarelinha no chão, em alguma parede eu fazia de quadro negro e brincava de escola, usava a terra como massa do bolo e as folhas caídas como comidinha...  quando meus amigos da rua vinham brincar comigo a brincadeira ficava melhor.

Quando estávamos na rua brincávamos de pular corda, pique pega, pique alto, pique parede, pique baleia, alerta cor, mamãe posso ir, polícia e ladrão, taco, mês, futebol, queimado, volei, patins, bicicleta, ciranda, corrida de tampinha, eu e as meninas soltávamos saco de supermercado como se fosse pipa, até verdade ou consequência com uma idade mais avançada. Mas todo santo dia a criançada ia para a rua brincar um pouco após terminar a tarefa da escola. Sempre!!!!

Meu filho sempre morou em apartamento nesses 3 anos de vida e pouco o levo às praças. Agora que estamos em outro bairro, não temos praças. Não tenho uma área de lazer para crianças no nosso prédio. E quando a rua aqui perto fica fechada para área de lazer, normalmente nós estamos ocupados com outros compromissos.

Não somos aquele tipo de pais que compram os brinquedos mais caros. Tá, eu não resisto as pistas hot wheels!! #fail Apenas isso. EU acabo comprando. Ele ganha os brinquedos usados que eram do primo (ryko) e no aniversário e natal do resto da família e amigos. Fora isso, fica com os seus por um bom tempo.

Por ser feminista o educo sem essa paranóia de que menino só pode brincar de bola, carrinho, correr... e que menina só pode brincar de casinha, boneca e se maquiar. NÃO. Aqui sou totalmente contra esse tipo de educação sexista. Então meu filho brinca com seu kit de vassoura-rôdo-esfregão, brinca com as bonecas que eram da minha irmã (barbie), ganhou a boneca polly no natal, panelinhas...

Arrumei seus brinquedos em caixas organizadoras e ele tem acesso a qualquer momento. Gosta muito de brincar com tinta e está sempre pintando telas e as exponho em seu quarto. Não curte muito desenhar, mas separei uma parte da parede e forrei com papel 40kg para ele desenhar quando pintar a vontade. Gosta muito de montar quebra-cabeças e herdou uns bem legais. E nos chama para montar com ele. Sua paixão são seus carrinhos e tento criar pistas de papel, papelão... e ele fica amarradão.

Ele também tem bonecos e acaba que ele e o pai brincam de luta com os Max Steels que ele tem e eu faço o papel da Barbie. #ninguémmerece!!!

A minha mãe é fonoaudióloga e sempre traz do consultório dele seus brinquedos de madeira educativos e ele gosta muito. Depois ela acaba dando a ele.

O quarto dele ainda não está do jeito que eu queria, mas ainda não consegui organizar seus livros, ainda estão dentro de um gaveteiro (organizador), meu desejo era que ficasse em prateleiras para ele ter acesso mais fácil.

Aceitei participar dessa blogagem porque acho extremamente importante termos um tempo para brincarmos com nossos filhos. Não importando se a brincadeira tem tema ou não,  seja qualquer coisa com um pouco de imaginação e vontade, com certeza vc e seu filho vão curtir muito esse momento juntos.

Minha mãe brincava bastante comigo e tento fazer o mesmo com o Gui. Até mesmo uma ida à escola eu e ele sempre brincamos de alguma coisa. Um exemplo é contar quantos fuscas cada um encontra até chegarmos na rua da escola. E a cada um que ele acha, é a maior festa. Sei lá, parece bobo, mas ele adora brincar de encontrar fuscas.

Não perca a infância do seu filho, brinque com ele. De qualquer coisa. :)
entretido com seus quebra-cabeças

momento 'leitura'

arrumando as bonecas Polly´s

bagunça de lei

brincando de casinha

adora essas casas!

no consultório da avó

com a capa do capitão cebola!!!




 "Este post faz parte da Blogagem coletiva em comemoração a Semana Mundial do Brincar promovido pela Aliança pela Infância"

levando o Troy para passear!

Que coisinhamarlinda esse menino levando o cachorro da vovô para passear com a supervisão do vovô!!!!!



O Gui adora o Troy, toda vez que está na casa da minha mãe ele verifica se tem ração ou água na cambuquinha

Gui, by Mari Hart - Parte II

Aposto que quem está conectado nessa bloguesfera materna conhece o trabalho fotográfico 'maravilindo' da minha querida blogueira E amiga Mari Hart, que escreve o Diário de uma mãe polvo.

Sempre que tivemos oportunidades de nos encontrar ela arrumava um jeito de clicar o Gui. Já confessou ser apaixonada por ele e nos presenteou no ano passado com um ensaio estilo 'coisamarlindadomundo'. Quem ainda não viu, clique aqui

E mais uma vez ela tirou casquinha do Gui e me presenteou com essas 4 fotos incríveis!!!


então Mari Hart, vc se amarra na minha heim...

biquinho para postar no facebook da mãe!!!
ploft, morri!

meu gasparzinho fantasiado de buzz!!!

tão meigo... cof cof

E quem não conhece o trabalho dela, aqui o blog e a fanpage

quinta-feira, 23 de maio de 2013

nossa participação no blog da Vida de Mãejestade!

A querida Rose Misceno,  do blog Vida de Mãejestade no mês de abril, publicou uma foto dela amamentando a sua linda filha Luna no facebook e na fanpage do blog falando sobre como foi a sua experiência com a amamentação, que precocemente desmamou sua filha e que se pudesse voltar o tempo, teria amamentado um pouco mais. Ela gostou muito do comentário que eu fiz sobre como eu me sinto por amamentar prolongadamente o meu filho.

O comentário foi esse: "Eu ainda amamento. O Gui vai completar 3 anos no final desse mês e as pessoas me julgam o tempo inteiro por essa decisão. Um saco, parece que estou fazendo algo muito errado, muito louco isso." 


A Rose ficou animada e perguntou se eu poderia dar um pequeno relato sobre a minha experiência com a amamentação prolongada. 

Ficou interessada no meu relato? Clique AQUI!!!


nossa participação no blog da Mãe Bacana!

Fui convidada pela Gisa Hangai do blog da Mãe Bacana para participar de uma série de postagens durante o mês e maio com o assunto "Filhos e Felicidade".

Cada dia ela postaria o depoimento de uma mãe blogueira sobre como a maternidade transformou a sua vida e como faz para conciliar casamento, finanças, carreira, cuidados com os filhos e encontrando o ponto de equilíbrio para a felicidade.

Querem saber sobre o meu desabafo?????

Hehehehe... então acesse o site da Gisa, clique AQUI!

o colo!

Estou para postar sobre esse assunto desde a primeira vez que participei de um encontro do Ishtar.

Assim que o bom papo terminou, foi dado o início de um ritual chamado 'COLO'. Vi as doulas, a parteira e algumas ativistas aproximando-se da gestante da vez (com a gestação mais próxima do fim) e ao redor dela, fazendo massagem, dando colo, ou apenas encostando e o principal, desejando muita tranquilidade, paz, amor, ocitocina (natural, né!), um parto respeitoso... ah, momento 'vai com tudo que o parto é seu!'.

Fiquei emocionada quando vi o primeiro colo. Se não me engano, foi o colo da Renata Deprá. Com vergonha de participar e apenas admirei. Vi o quanto todas as envolvidas também ficaram emocionadas. É lógico. quantas de nós sentiram abandono nesse momento? Quantas de nós foram enganadas e tiveram o parto roubado? Quantas de nós foram violentadas? E ser acolhida com tanto amor e carinho é extremamente necessário. A fragilidade emocional no final da gestação é grande e o que mais precisamos é de pessoas que estejam sintonizadas com a nossa causa. Parir com respeito!!!!

E a partir desse colo, eu vi o quanto é importante termos essa energia e essa torcida para enfim conseguirmos força para parir em paz que eu tenho participado de todo colo que eu tenho oportunidade.

Ultimamente estamos tendo encontros do Ishtar na Tijuca e acabou de completar 1 mês e tivemos colo em todos.

Um dos temas discutidos foi 'pós-parto idealização x realidade'. E após os relatos e o bom papo, tivemos o colo da Marly. Que foi bem emocionante também. Vi várias ativistas com lágrimas escorrendo e sem brincadeira, 3 dias após o colo ela pariu (parto quiabo, bem rápido) em seu lar!


a barriga é da Marly Correa e o clique é da Valéria Ribeiro.
Ambas autorizaram o uso da foto! 
Não sei não heim... mas esse colo é poderoso!!!

;)

o dedão, a intimidade e a amizade!


O domingo passado não foi especial apenas por ter participado da comemoração do 3º ano do Ishtar-RJ, e nem por ter participado do colo mais que lindo da Bianca Balassiano (consultora de amamentação Posso Amamentar). Foi especial porque estive ao lado da amigaaaaan Mari Hart.

Ela registrou esse encontro maravilhoso através de sua lente mágica. As mães quando viram as fotos depois ficaram 'ishtéricas'!!!! Só sei que a Mari está bombando!!! #amomuito

Quando o colo da Bianca acabou, eu estava tentando secar as lágrimas, néam... choreyyy, foi lindo e nossa, vi a Mari e precisei do abraço dela.

Após o abraço, ela percebeu que eu estava com a maquiagem borrada e com seu dedão ela tentou várias vezes limpar meus olhos.

Não conseguiu e me pediu para dar uma babadinha de leve em seu dedão! hahahahaha JURO!!!!

E foi ela limpar novamente meus olhos! Os meus olhos continuaram 'escuros' e enfim, desistiu e com o mesmo dedão (com a minha baba) ela limpou o dela!!!! #intimidadeéumamerda hahahahah

A Mari super bem intencionada não entendeu que ela conseguiu limpar o borrado, mas o escuro um dia até poderá sair, quando eu começar a dormir melhor!!!!

SÃO OLHEIRAS (nível extra sinistro)

;)

segunda-feira, 20 de maio de 2013

trollando o Gui.

Nesse final de semana tivemos o prazer de passar o sábado e o domingo com duas amiguinhas do Gui da escola e seus respectivos pais. Fomos convidados para a festa de 40 anos da mãe da Andressa, sua primeira amiguinha da escola.


No sábado, eles brincaram bastante no quintal da casa da Andressa, apesar do frio. O Gui para variar, perturbou um pouco as meninas e elas vinham me contar que ele estava atrapalhando a brincadeira delas.

Eu conversava com ele para deixar as amigas 'em paz' e mas logovoltava e tocava o terror.

Elas estavam dentro de uma casinha brincando e ele chegava e abria a porta com força, entrava na casa imitando monstro e elas saíam correndo.

Depois de tanto pedirem para ele parar, um bonde foi formado e enquanto ele brincava sozinho na casa, as 3 meninas não o deixaram sair e ficaram imitando monstro também.

Assim que começou a chorar, uma das meninas me chamou contanto o que tinham feito.

Pensei com meus botôes... que bem feito para ele. Não aguenta a pilha, é mole!!!!

MEU FILHO É MÓ 'PILHA FRACA'!!!! #quedesgosto!!!!

Quando veio chorando me contar, eu falei que ele também tinha feito isso com elas e ele ficou me olhando quieto e deve ter pensado: 'que porréssa mãe?! vai ficar no time das meninas?!!!!'

No domingo, ele não mudou o comportamento e o pior, as vezes machucava elas. E volta o cão... #nadaarrependido e eu ia conversar com ele num canto... mas estava disposto a perturbá-las.

Só que ele não esperava por chegar mais duas meninas.

E provou do próprio veneno, pois elas perturbaram ele.

Na boa, achei ótimo. Ele encheu o saco das meninas, ok era o único menino. É bom para aprender!!!



Fizeram de gato e sapato!!!!!! hahahahahahahahahahahahaha #mulheresunidas

desculpa nada!!!

Toda vez que o Gui faz alguma merdinh@ eu tento conversar mil vezes antes de perder a paciência. Tento, porque errar é humano. Se desculpar é um aprendizado. Então quando ele pede perdão pelo 'erro' (seja uma birra, empurrar o coleguinha...) normalmente rola um arrependimento e ele pede sem que precise avisá-lo.

Agora acabou de fazer uma birra pois queria beber 'mate no copinho' e como não como cocô (não?!!), neguei. Hunf, já custa a dormir, tomando mate então... #mimata

Para distrair um pouco a atenção dele, comecei a fazer cosquinha e ficamos no chão da sala rindo juntos. Ele lembrou do mate e pediu novamente e mais uma vez neguei.

Ele ficou extremamente boladão na pracinha e me deu uma cabeçada no nariz. Doeu, mas fiz um drama. Foi correndo contar para o pai que tinha me machucado e quando chegou perto de mim, eu mostrei a minha insatisfação com o comportamento dele. Assustado, fez caras e bocas para tentar me entreter e continuei muito séria. Quando a dor passou, mandei a letra #esporro. "que não pode bater, tralala tralala..."

Eu já estava esperando aquele doce pedido de desculpa mas ... ele não o fez.

Choquey!!!

Comassim?????

Perguntei se ele não estava esquecendo de nada e ele disse que não.

Disse que estava esperando o pedido de desculpa dele e ele disse que Não ia pedir.

Ó céus, ó vida!

Como viu que eu fiquei bastante surpresa, correu para o quarto e por lá ficou uns instantes.

Voltou e assim, meio que sem vontade.... mandou um 'desculpa mamãe' bem baixinho. 

Como continuei séria, ele já tentou mudar o foco e pediu mamico.

Neguei Ahahahahahaha. #soumá!!!!


quinta-feira, 16 de maio de 2013

vou choraaar, desculpe mas eu vou choraaaar!!!!

E no próximo final de semana teremos ISHTAR TIJUCA E COPA com o tema... RELATOS DE PARTO!!!

Não preciso nem falar que vou derramar litros e mais litros de lágrimas. Ai, será que eu darei conta? 

Em outras oportunidades já relatei o meu parto no Ishtar, mas ao mesmo tempo que foi muito difícil contar para pessoas que eu não conhecia, foi muito libertador também. Porque me senti acolhida e compreendida, sabe? É diferente relatar sobre a violência que sofri para um grupo que não vai me achar uma fresquinha e reclamona da vida. Por exemplo quando contei sobre o parto para algumas amigas ou até mesmo membros da família, eu percebia que não estavam me escutando, era como se eu tivesse merecido passar por aquilo por não ter 'escutado' o meu GO. O fato de não ter sido compreendida no pós-parto, fez com que eu lógicamente entrasse em uma depressãozEEEnha básica e eu sentia uma extrema necessidade em contar ao mundo que aquilo que eu vivi estava errado.  Eu até ouvi o 'povo' me chamando de estressadinha!!!!! 

Enfim, mas talvez dessa vez ficarei apenas como ouvinte. Se pintar uma oportunidade até posso dar o meu relato, mas já sei que vou ficar muito emotiva para variar... bla bla bla... 

Dessa vez vou no sábado e no domingo. Sabadão porque estarei na casa da minha mãe na Tijuca e no domingão VOU ter que ir porque teremos o colo (vou postar sobre isso ainda esse mês) de uma pessoa muito bacana que conheci através do Cinematerna. Não vou perder o colo dela por nada!!!!! Desejo que ela tenha um parto maravilhoso, pois ela já me ajudou muito tirando algumas dúvidas sobre amamentação. E também porque a minha DEEEEEEVA e AMEEEEEGAM Mamãe-Polvo-Maricota-Hart estará lá também e juntas derramaremos muitas lágrimas de tristeza e alegria!!!

O recado foi dado! Se houver interesse, não deixe de confirmar a sua presença enviando um email para: ishtar.rio@gmail.com  

Tijuca
18/05, às 10h na Rua Carlos Vasconcelos 155/404 (próximo ao metrô Saens Pena)

Copa
19/05, às 10h na Rua Cinco de Julho, 94 - Play (próximo ao metrô Siqueira Campos)

;)

bagunça na madrugada!

E ele foi cedo para cama essa noite. Yeah...
Só que não!!!!!!

Acordou um pouco antes de meia noite e já sabem né... essa noitche vai bombar aqui em casa.

#phudeu

Primeiro quis vestir a toalha de jacaré e ficou assistindo filminho do 'carros'.

Depois tirou a toalha do jacaré, arrastou o sofá e peladão ficou fazendo bagunça pela casa.


Depois rolou um diálogo mais ou menos assim:

- "Hunf mamãe, que cheilo!!!!"
- "Cheiro de quê?!"
- "Cheilo de pum."
- "De pum?! Mas esse pum é de quem?"
- "É do Gui."
- "Ah, então quer dizer que você soltou um pum, né?"
- "hahahahaha, soltei pum. E que cheilo ruim! O do papai também é cheilo ruim."
- "Sim filho, o do papai é sinistro."

Me safei dessa vez!!!!!!!


papeando na fila preferencial

Certa tarde após buscar o Gui na escola precisei passar no supermercado antes de ir para casa aproveitando o carrinho dele para carregar as compras. #espertcheeeenha

Enquanto aguardávamos na fila preferencial #adoro, um casal de avós que moram na mesma rua que nós vieram bater um papo comigo na fila. Seu netinho também tinha acabado de sair da creche.

Não me recordo ao certo o assunto daquele dia, mas sei que tomou outro rumo quando o Gui pediu para sair do carrinho porque queria peito. O tirei e dei mamico.



O velhinho achou o máximo eu ainda dar peito ao Gui de 3 anos e comentou que a filha estava querendo parar porque chegava muito cansada em casa e o netinho queria peito por horas. Ele acredita que se ainda sai leite, é porque a criança precisa. E que como ela ficava mais de 16h fora de casa, o filho queria atenção, carinho e o peito além de nutrí-lo, era um meio deles ficarem mais juntos. Disse que dá muito apoio para que ela fique mais tempo amamentando. O netinho já está com 2 anos e a filha não está mais com 'saco', inventa histórias para o filho que não pode mais. Ah, e contou que a Pediatra sempre dá um jeito de desencorajá-la a continuar a amamentação e que não acreditava na ladainha que ela estava com a pressão nas alturas por causa da amamentação! oi?!

Trabalhar e ficar mais de 16h fora de casa e amamentar por mais de 2 anos não é para qualquer uma não. Não sei se eu aguentaria essa rotina. De repente eu não teria amamentado o Gui tanto tempo se a minha vida fosse de outro jeito. E a considero uma vitoriosa por tal proeza. 2 anos amamentando é uma maravilha.

E cansa mesmo.

Falei para ele que o apoio dele é algo muito bacana mas que ele precisa respeitar a vontade dela. Não ter 'saco' para dar o peito, pode deixá-la infeliz e se sentindo obrigada. E o que era para ser um chamego entre os dois pode se tomar outro rumo.

Fiquei feliz em saber que esse casal super apoia a amamentação. Minha única avó toda vez que me vê dando mamico para o Gui joga uma piadinha ridícula: 'no meu tempo com 3 meses meus filhos já estavam comendo comida'; 'larga esse peito garoto'; 'parece um bebedouro com essa criança pendurada nesses peitos'; 'as mulheres da nossa família não tem leite'...

Eu fico no fundo bem magoada e sei que as mulheres da minha família paterna não amamentaram porque não quiseram. Engravidaram por engravidar. Essas coisas...

Mas sinto que o meu trabalho de formiguinha de apoio à amamentação fez efeito. Minha prima amamenta lindamente seu pequeno bebê de 3 meses. E em livre demanda!!!! O leite transbordaaaaaaaa.  Toma vovó!!!!!! #orgulho


meu lindo mamicador!!!!

sábado, 11 de maio de 2013

ação de dia das Mães!

Eu que adoro uma manifestação, não poderia ficar de fora dessa ação de dia das Mães proposto pela equipe do Eu quero um parto normal, que nas próximas duas semanas (de 8 a 21 de maio) compartilhemos pelas redes sociais uma foto segurando um cartaz(papel A4, enfim...) escrito " No mês das mães, desejamos que em [nome do Município]..."

Por exemplo, o meu desejo foi assim:

"No mês das mães, desejo que aqui no Rio de Janeiro, os hospitais (universitários, sus, privados) cumpram a Lei do Acompanhante durante todo o pré parto, parto e pós parto; que a mulher seja tratada com respeito; chega de violência obstétrica!"



Você pode enviar a sua foto para o email: queropartonormal@gmail.com ou publicar na fanpage para que elas possam republicá-la.

Participe também. :)

sexta-feira, 10 de maio de 2013

com outra intenção...

Que esse meu filho não é fácil, já não é novidade nenhuma para quem acompanha nossa jornada. Só que ele vai superando as peraltices e traquinagens a cada dia.

Hoje ao chegar na escola para buscá-lo, ficou todo contente em me ver. Correu até a sala de aula para buscar a mochila, depois voltou pois tinha esquecido alguma coisa com a professora.

Do nada ele chega e me entrega uma flor feita com material reciclado. Achei super fofinha. O mais legal foi a  excitação dele ao me entregar a flor.

Assim que peguei a flor, dei um beijo nele e agradeci. Ele imediatamente me pediu um chocolate.

Oi?!!!! Comassim?!!! Era para ser uma troca? Ele me entregava uma flor e eu retribuía com um chocolate?!!! Peraaaaaae, que negócio é esse? Já não gosto de receber flor!!!!!!! A professora achou a maior graça quando viu a cena. E perguntei o porque do chocolate. Ela então mostrou que dentro da flor, havia um chocolate e por isso que o meu filho, isso mesmo, esse Guilherme safadinho ficou todo serelepe ao me entregar a flor, ele QUERIA O MEU CHOCOLATE!

Ninguém merece!!!

a única foto com a flor!!! ;)

domingo, 5 de maio de 2013

sobre o colírio

No encontro de hoje do Ishtar, foi abordado o tema dos procedimentos de rotina que na grande maioria são totalmente desnecessários nas primeiras horas de vida dos bebês que nascem 'muito bem, obrigada!'.

Descobri que o Gui teve conjutivite química por causa da aplicação do nitrato de prata (colírio) assim que nasceu. :(

O colírio de nitrato de prata é pingado nos olhos dos RN´s para evitar dois tipos graves de conjutivite (causadas pelas bactérias da gonorréia e clamídia). Caso a mãe seja portadora de alguma dessas doenças a criança que nasce de parto normal, é aplicado o colírio. Mas a mãe que não é portadora ou que tenha tido uma cesária, não deveria ser um procedimento de rotina e sim, pingam esse colírio em qualquer que seja a situação.

O problema que a administração do nitrato de prata pode causar conjutivite química, além de ser usado para queimar verrugas.

E pingaram essa porra no meu filho desnecessariamente!!!!!

Eu tive uma gestação de baixo risco, muito saudável por sinal e em nenhum dos exames acusou nada de errado. O Gui nasceu pela vagina, e eu não tive nenhum sinal de alguma daquelas 'zicas' citadas. Porque pingaram o colírio nele???????

Lembrei que na época não entendi o porque de tanta remela bem amarelada que coitado, cobria quase os olhinhos dele todo. Com menos de uma semana de vida, eu sentia que ele estava completamente incomodado com isso e aproveitei que precisava levá-lo para fazer o teste dos olhinhos pelo plano, acabou sendo bom para saber o que era aquilo.

Em menos de 15 minutos o 'dotô' passou um outro colírio e sem ao menos me explicar a causa, disse apenas que era muito comum.

VTNC!!!

Era comum porque?!!!! Não é possível isso acontecer.

Coitado do meu filho, não teve respeito nem após nascer.

Fiquei muito triste com essa informação. E ligando os pontos do passado, meu coração doeu de raiva. Vontade de encontrar com esse 'povo da saúde' mal informado e pingar o frasco inteiro de nitrato de prata nos olhos deles.

#becabricioboladona

...

sexta-feira, 3 de maio de 2013

overdose de ishtar!

E nesse final de semana vai ter encontros do Ishtar Tijuca e Copacabana. Ambos abordando o tema: "Procedimentos com o recém nascido". Basicamente sobre os cuidados com os recém nascidos logo após o nascimento. Independente do tipo de parto (PD, PNH, PC) Quais os procedimentos de rotina que costumam realizar nos bebês no hospital (tais como: vitamina K, colírio de prata...)

Ishtar Tijuca
04/05 - 10h - Rua Carlos Vasconcelos, 155 sala 404 - Tijuca (próximo à estação do metrô Saens Pena)
Ishtar Copacabana
05/05 - 10h - Rua Cinco de Julho, 94, play - Copacabana

Bora? :)


quinta-feira, 2 de maio de 2013

menó metido

Esse Guilherme é um abusado. Durante a festa do primo dele, brincou bastante no pula-pula, mas em um determinado momento as crianças maiores dominaram a brincadeira e o Gui-metido-a-criança-'gandi' quis permanecer.

Tentei tirá-lo, mas a galerinha acabou tomando cuidado para não machucá-lo sem querer.


mas é o nosso direito!!

Assim que eu saí da maternidade eu não tive acesso à caderneta de vacinação por não ter no estoque do hospital.oi?!Quando voltei lá para analisarem os pontos da maldita episiotomia, já tinha conseguido no posto de saúde e parece brincadeira de mau gosto, mas na página 6, fala sobre os direitos dos pais e da criança.

" A mãe tem direito a:
Ter acompanhante de sua escolha no pré-parto, parto e alojamento."

entre outros...

Agora eu entendi o motivo pelo qual o Hospital Universitário Gaffreé Guinle(RJ) não me deu a caderneta de vacinação após a nossa alta.

ELES NÃO RESPEITAM A LEI DO ACOMPANHANTE (Lei Federal 11.108)

Quando fui ler a caderneta e me deparei com essa informação fiquei em choque. E resolvi escrever um relato do meu pré-parto, parto e pós-parto para enviar à secretaria de saúde do Estado do RJ, e ao ministério da saúde. Adiantou?!!!! Hunf

Semana passada tive a oportunidade de dar uma entrevista ao Canal Saúde da Fiocruz junto com a Natália Meireles que também teve o seu direito negado no Hospital do Andaraí (RJ) e acabou em uma cesária desnecessária e também a Ingrid Lotfi do Parto do Princípio (RJ).

O vídeo já está no you tube, para assistí-lo, clique AQUI.